Compartilhe
Contate
Role para baixo
Voltar para o início

Membros da Equipe

If you are going to use a passage of Lorem Ipsum, you need to be sure there isn't anything embarrassing hidden in the middle of text.

Cani
Comerçar
// Luiz Eduardo Cani
Luiz Eduardo Cani
Luiz Eduardo Cani
Co-Head de Direito Penal e Chief Compliance Officer

Luiz Eduardo Cani

Advogado há mais de 8 anos, com atuação especializada em Direito Penal e em Responsabilidade Civil e Administrativa, e experiência em casos com todos os graus de complexidade, inclusive na Operação Lava Jato de Curitiba.

Professor de Direito com mais de 3 anos de experiência em Graduação e em Pós-Graduação.

Pesquisador com atuação destacada nas áreas de erros judiciários, investigação tecnológica e provas digitais.

Educação

– Doutorando em Ciências Criminais, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)

– Mestre em Desenvolvimento Regional, Universidade do Contestado (UnC), 2019

– Especialista em Direito Penal Econômico, Universidade de Coimbra (UC), 2021

– Especialista em Direito Penal e Criminologia, Instituto de Criminologia e Política Criminal (ICPC), 2015

– Bacharel em Direito, Universidade Regional de Blumenau (FURB), 2013

Docência

– Professor efetivo de Direito Penal, Centro Universitário Avantis (UniAvan), desde 2022

– Professor convidado de Aspectos fundamentais da investigação criminal, Universidade de Caxias do Sul (UCS), desde 2021

– Professor efetivo de Legislação Penal Especial e Direito Processual Penal, Universidade do Contestado (UnC), campus Canoinhas, 2017-2018:

– Professor efetivo de Direito Penal, Direito Processual Penal, Prática Jurídica, Direitos Humanos, Teoria do Direito, Hermenêutica Jurídica e Responsabilidade Civil, Universidade do Contestado (UnC), campus Mafra, 2017-2021

– Professor substituto de Direito Penal, Universidade do Contestado (UnC), campus Canoinhas, 2016-2016

– Professor substituto de Direito do Consumidor, Universidade do Contestado (UnC), campus Curitibanos, 2016-2016

Cursos

– Sustentação oral: da teoria à prática, Escola Superior da Advocacia da Bahia (ESA/BA), 2021

– CC50 – O Curso de Ciência da Computação de Harvard, Fundação Estudar (ESTUDAR), 2021

Elements of artificial intelligence, University of Helsinki (UH), 2020

– Recursos nos Tribunais Superiores, Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM), 2020

– Prática criminal, Escola Superior da Advocacia da Bahia (ESA/BA), 2020

– Investigação defensiva, Detecção de Mentiras, 2020

– Técnicas de entrevista, interrogatório, e detecção de mentiras, Detecção de Mentiras, 2020

– Aspectos práticos do tribunal do júri, Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM), 2018

Programa brasilero de capacitación sobre la reforma procesal penal, Centro de Estudios de Justicia de las Américas (CEJA), 2018

– II Programa brasileiro sobre reforma processual penal, Centro de Estudios de Justicia de las Américas (CEJA), 2018

Principais publicações

Guia para a mitigação dos erros judiciários no processo penal. Florianópolis: EMais, 2022.

Limites e possibilidades das novas tecnologias: prova e decisão no processo penal. In: VALENTE, Manuel Monteiro Guedes; WUNDERLICH, Alexandre; STEIN, Ana Carolina; GIACOMOLLI, Felipe Mrack; SAIBRO, Henrique; EBERHARDT, Marcos Eduardo Faes. (Org.). Direito e Liberdade: estudos em homenagem ao Prof. Dr. Nereu José Giacomolli. 1ed.São Paulo: Almedina, 2022, p. 71-92.

Investigação criminal 4.0: entre soluções e problemas. Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM, v. 16, n. 1, e55252, p. 1-20, 2021.

Prova ilícita, ainda: o velho e o novo na ”lei anticrime”. In: CAMARGO, Rodrigo Oliveira de; FELIX, Yuri.. (Org.). Pacote anticrime: reformas processuais: reflexões críticas à luz da Lei 13.964/19. 1ed.Florianópolis: EMais, 2020, p. 201-220.

Direito LGBTQIA+ ao cumprimento de pena em estabelecimento adequado. In: TOMAZONI, Larissa Ribeiro; PRATA, Marcela; ABIKO, Paula. (Org.). Mulheres e o direito: um chamado à real visibilidade. 1ed.Curitiba: Sala de Aula Criminal, 2021, v. II, p. 140-152.

O uso de inteligência artificial no processo penal é compatível com a oralidade?. Consultor Jurídico, São Paulo, 18 jun. 2021.

Podem os algoritmos racionalizar a cadeia de custódia digital?. Consultor Jurídico, São Paulo, 02 abr. 2021.

Investida europeia contra a criptografia dos e-mails e a pescaria probatória. Consultor Jurídico, São Paulo, 19 fev. 2021.

Gravações com câmeras individuais em policiais gera outros problemas no processo penal. In: CUNHA, Rogério Sanches. (Org.). Atualidades do direito: obra em homenagem ao professor Luiz Flávio Gomes. 1ed.Salvador: JusPodivm, 2020, , p. 75-90.

Gravação audiovisual de oitiva na investigação criminal: a busca pela celeridade no emaranhado burocrático do procedimento misto. Revista Húmus, v. 9, n. 26, p. 401-410, 2019.

Contato

E-mail:

Celular: (47) 99707-6247

Follow :

Quer saber mais?

© Luiz Eduardo Cani e João Alcantara Nunes

Contate
Fechar