6 de setembro de 2016

Advocacia

Nos momentos em que ja não é possível falar em prevenção, porque o cliente me contratou num momento posterior ou porque não foi possível evitar um evento danoso, se torna necessária a prestação de serviços advocatícios nas áreas de:

  • Crimes econômicos;
  • Crimes financeiros;
  • Crimes fiscais;
  • Lavagem de dinheiro;
  • Crimes consumeristas (contra as relações de consumo);
  • Crimes falimentares;
  • Crimes ambientais;
  • Crimes previdenciários;
  • Crimes contra a administração pública;
  • Crimes informáticos;
  • Crimes educacionais;
  • Crimes contra as relações trabalhistas;
  • Crimes sexuais;
  • Crimes patrimoniais;
  • Crimes de trânsito;
  • Crimes relacionados às drogas (posse, tráfico e favorecimento ao tráfico);
  • Crimes contra a honra;
  • Crimes contra a pessoa; e
  • Atos infracionais (crimes praticados por adolescentes).